sexta-feira, 3 de abril de 2009

Recaída

"Um beijo, querida", disse ele na mensagem
E de repente o beijo concretizou-se numa imagem.
Junto ao meu rosto, que gosto, estava o seu
Aquele era um beijo para chamar de meu...
Não havia alma na Terra que ousasse me acordar
Eu era uma mulher com o direito de sonhar.
Caio porque caio, porque tenho vontade de cair
E quero ver agora quem irá me impedir.

2 comentários:

b-kaixao disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
b-kaixao disse...

Quem não se joga na vontade amar, nunca irá se encontrar!

Muito bom!

Beijão.