sábado, 28 de março de 2009

É ele

Eu preciso dele para me encontrar
Preciso dele pra me perder e achar...
Preciso dele quando eu menos preciso das pessoas
Porque na distância da humanidade eu me encontro com o mais íntimo dos meus sentimentos
E esse íntimo meu chama incessantemente por ele.
O meu amor por ele é algo mais forte do que eu poderia prever que um dia fosse
Algo mais sincero do que a lágrima de um palhaço
Algo mais intenso do que o sorriso do primeiro filho
Algo mais espontâneo do que amor à primeira vista.
Vivo a olhar fotos de nós dois penduradas por meu quarto
Cartas antigas, gravações de sua voz...
Ele é meu ópio mais intenso
O dono do meu amor imenso
Aquele por quem eu morro de prazer.

Um comentário:

b-kaixao disse...

Eu adoraria ser isso tudo de alguem huhuhuhuhu.

Como sempre, ótimo.

Beijão.