sábado, 15 de agosto de 2009

Algum poema

Grito a todo o universo
o que pode ser controverso:
um segredo submerso
em poemas, emerso.
Comentários a ele disperso,
prefiro dizer o inverso
para este poeta-nobel.
Um tal Gabriel
me espanta a cada verso...

3 comentários:

b-kaixao disse...

Uma rapidinha:

Algum poema,
Algum dielma.

Não me importo se é cinema.
A vida é: curta!
E isto é ótimo.

Gabriel Pinto disse...

Que legal!!!

Adorei o poema! :)

Brigado!

bju

*o texto do "quem sou eu" não é meu, e eu não lembro o nome do autor

Antônio Sozinho disse...

Olha! queria escrever um desses bonitos pra ele também!