segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Poesia gaseificada

CONSERVAR AO ABRIGO
DO SOL E CALOR
EM LOCAL LIMPO
SECO
AREJADO
E SEM ODOR.

NÃO CONGELAR.


CONFESSAR AO AMIGO
DE PRONTO O AMOR
GRITAR NO OLIMPO
SINTO
MUITAS SAUDADES.

NÃO ESQUECER.

3 comentários:

Breno Peres disse...

E como esquecer?

Beijo!

Antônio Sozinho disse...

ai, que paixão pesada.

Fernando disse...

Quer parar de escrever poemas incríveis ? :)

beijo