sábado, 7 de novembro de 2009

Diálogo

- Sinto-me em completo infortúnio. A transgressão de regras me incomoda profundamente. Não consigo encaixar-me nesta sociedade, parte porque fui ensinado a ser homem respeitoso, a não fugir do geral, a não querer aparecer. Entretanto, volta e meia sinto-me preso atrás de grades imaginárias quando ouço histórias daqueles que vivem ao gosto da sorte e que assim, vivem muito bem. Sou um tanto desafortunado neste sentido. Ao meu redor, tenho o que quero. Dentro de mim, não tenho nada.
Não sou nada! Nasci um nada e assim voltarei para terra: nada.

- Mai seu moço, a gente tem medo di vevê
i di trainsgredi as regra...
I quando nóis vê
nóis num trainsgrediu as regra.
Furam as regra
qui trainsgrediu nóis
i quem nóis é...

Um comentário:

Fernando disse...

Manda esse texto final pro ministro da educação para ver se a prova do enem finalmente será realizada. :)

beijo