domingo, 24 de fevereiro de 2008

Roda viva (para Jaiminho)

Se for correr, ache o motivo certo.
A vida nunca é boa se apressada.
Tente não separar-se dos seus amigos.
A dor da saudade é a pior de todas.
Volte sempre para onde deveria estar.
O vazio da sua falta será sentido.
Corra para o seu futuro, porém não esqueça do seu presente.
Nenhum lugar é longe o bastante para chamá-lo de "inviável".
Perto não significa necessariamente estar presente fisicamente.
O inevitável acontece sempre, tenha certeza disso.
O que podes fazer para amenizar a dor da saudade, faças.
A recompensa de um amigo de volta nunca cessa.

A roda viva não ouve os apelos dos que ficam para presenciar a partida. Ela somente espera o fim do jogo para se revelar.

Jaiminho, vou sentir sua falta.

Um comentário:

Daniela Patrício disse...

tem certeza de q vc tem só a idade q vc diz q tem???
às vezes vc parece uma anciã... e acredite, essa é uma das razões da minha enorme admiração por vc!
Nem preciso dizer, vc já sabe... mas vou repetir: eu amo vc! de td o meu coração!